Mostrando postagens com marcador desabafo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador desabafo. Mostrar todas as postagens

Identificando o que detona o pino da compulsão

terça-feira, 31 de maio de 2016




Eu já acordei pilhada porque a vida não espera...
E com a cabeça no resultado dos exames de sangue onde várias coisas são por causa do meu nervosismo...
A gente fica ansiosa, aflita, e angustiada e uma enxurrada de pensamentos tumultua a mente e o coração...
Já estou conseguindo devagar, a identificar, quando meus pensamentos vão me desequilibrar, então eu paro tudo e vou me equilibrar emocionalmente

Não é fácil,mas já me controlo muito mais, por isso os momentos de compulsão alimentar tem sido menores, sim eu tenho ainda, mas muito menores.

Tá grávida ? Não, tô gorda...

quarta-feira, 11 de maio de 2016







Pois é... eu já cansei de ouvir essa pergunta... principalmente quando estou inchada, pareço mesmo que estou grávida, porque, minha barriga tá enorme!
Já não aguento mais... fico muito triste com os 74.9 !
Mas este post vai ser pequeno porque já tô sofrendo bastante.
Estou sentindo muito cansaço e não tenho nenhuma disposição e me sinto muito deprimida...

Como a depressão e o estresse engordam

segunda-feira, 2 de maio de 2016


Efeito colateral: a obesidade pode causar 
diabetes, infarto e derrame
Foto: Getty Images
Há dias em que o mundo parece que vai desabar na nossa cabeça. Então, precisamos comer um chocolate, como se o nervoso fosse passar com o doce. 

Mas cuidado. Segundo uma pesquisa da Austrália, as mulheres estão engordando por causa do estresse. Anete Hannud Abdo, endocrinologista do Programa de Atendimento ao Obeso, do Hospital das Clínicas de São Paulo, afirma que o estressado pode engordar mesmo de boca fechada. 

"A tensão contínua faz o organismo liberar mais adrenalina e cortisona, dois hormônios responsáveis pela obesidade", diz. Em alguns casos, a médica recomenda buscar ajuda psicológica para mudar essa situação.
Publicidade

Por que comemos mais quando estamos tensas?

O estresse faz com que o cérebro receba uma mensagem de ameaça. Por isso, aumenta a produção dos hormônios adrenalina e cortisona, que diminuem a queima de calorias. O cortisol desregula o controle de apetite e acelera a multiplicação das células de gordura! Quando a ameaça acaba, nosso corpo pede uma "recompensa". Aí, pra piorar, entra em cena o chocolate, o sorvete...

3 estratégias para vencer o estresse que engorda

1. Coma devagar e mastigue bem a comida antes de engolir. A pressa pode até transformar seu estresse em gastrite. Olha o perigo! 

2. Se você acha que não está dando conta da pressão e desconta na comida, procure apoio psicológico. "Terapia e até antidepressivos moderados podem ajudar", diz Anete. 

3. Faça atividades diferentes. Troque a TV e as guloseimas por uma caminhada.

Sinais de alerta

Segundo especialistas do Instituto de Endocrinologia e Diabetes do Rio de Janeiro, os sintomas abaixo são característicos da obesidade provocada por estresse: 

- Gordura mais concentrada na região do abdome, coxas e braços. 
- Depressão. 
- Fome compulsiva à noite. 
- Aumento de peso resultante de algum trauma, como separação, morte de parente próximo, desemprego. 



Abril não abriu

sexta-feira, 22 de abril de 2016







Desde  o dia 30 de Março estou tentando organizar minha vida e só o que consegui, foi ganhar mais peso, tanto, tanto, tanto que estou com vergonha  até quando saio de casa...
Me sinto feia, sem jeito, desarrumada, profundamente frustrada e sem nenhum tesão para nada!
Escrevo o blog meio que pra mim mesma,
POR MIM MESMA!
Mas isso me ajuda muito, falar, planejar e fotografar as refeições, tudo isso me ajuda sempre!
Estou sentindo uma dor indescritível...
Uma sensação de que não posso fazer absolutamente nada por mim mesma,
Juntou tudo...
Problemas na empresa,
Muita solidão
a doença do meu pai se agravando
e eu, redescobrindo que ninguém quer saber de ninguém...
tudo é uma grande droga...
ando cansada, e tenho preferido ficar em casa sozinha, nada  a ver com meu casamento, que eu até acho que é o que de certa forma me "salva", mas ainda  assim, uma nuvem pesa sobre os meus ombros e meus tornozelos doem
e meus pés incham
e eu me afundo na comida,
e quero o alívio imediato de uma pizza, de uma lata de leite condensado,
não quero falar,
não quero nada,
só quero paz!
Então, de tanto o tempo passar fiquei com medo de passar eu... fui fazer uma avaliação e todos os resultados foram desfavoráveis
Minha saúde tá péssima,
Eu tõ sem coragem, mas sei que preciso, muito...
bem, pelo menos fui fazer a avaliação...
só falta calçar a força de vontade e simplesmente ir...

Controle a fome da sua cabeça

quarta-feira, 23 de março de 2016

Todo mundo alguma vez na vida já comeu sem estar com fome. Seja para se recompensar depois de um dia estressante (“hoje eu mereço”), para não colocar fora uma comida ou simplesmente para afogar as mágoas numa panela de brigadeiro. O que diferencia as pessoas que conseguem se controlar e os compulsivos é a intensidade e a quantidade de vezes que esses episódios acontecem.

As pessoas que tem compulsão inconscientemente tentam preencher com comida as frustrações, a ansiedade e o stress… e acabam presas num ciclo nada saudável: os problemas continuam lá e ganhamos mais um: a culpa.

O importante é aprender a diferenciar quando o corpo está pedindo comida e quando as emoções estão com 'fome".



magraemergente.com me ajuda muito!



Abaixo à GORDOFOBIA

domingo, 6 de março de 2016




Sim, eu sofro preconceito por estar fora dos padrões de magra, alta e loira,
sou barriguda, meus braços são gordinhos e tenho ombros largos.
E sim, sofro preconceito por ser gorda, e olha que não sou GG, sou g!
A raiva que me dá quando alguém vem me dizer que preciso perder peso, por causa da minha "saúde", e eu sei que é só um disfarce para dizer> "minha filha, toma vergonha, e emagrece, feia"
Até de pirralhas, eu já sofri preconceito com as minhas gostosuras extras...
Mas não me abalo.
posso ficar com raiva e tudo, mas sei que estou fazendo o meu melhor, estou abrindo mão de muita coisa, para fazer dieta e praticar exercício!
Estou vencendo a preguiça e o desânimo!
Estou vencendo amim mesma!
Estou vencendo os feios que infelizmente tem que nascer de novo, eu pelo menos sou linda e estou ficando mais linda hahahahaha!!!

Cresce, amadurece e emagrece!

quinta-feira, 3 de março de 2016
]





Não adianta colocar a culpa em ninguém!
Não adianta ficar adiando, se voce quer resultados, precisa pegar pesado!
Precisa encarar o espelho e não fugir dele, que é o que eu estava fazendo!
Não adianta querer que o mundo entre na reeducação alimentar com você!
Não adianta querer que alguém pegue na sua mão e te acalme, quando vem a vontade louca de devorar uma panela de brigadeiro!
Tenho percebido que meu emagrecimento é um caminho que vai definir minha maturidade também, porque sempre fiz as coias dependendo das pessoas!
Agora liga o F.
Vai em frente!
Cresce e emagrece!


Quanto mais perto mais doloroso o bulying

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015


                                          Estar acima do peso virou sinônimo de feiura, desleixo, preguiça.
        É como se,ser ou estar gordo, fosse um crime, uma afronta, um erro irreparável, uma vergonha.
Falta de amor próprio, uma doença.
Sim, eu sei, estar acima do peso, causa doenças sérias, como diabetes, hipertensão e até mesmo redução da própria vida.
Quem é gordo sofre, eu sofro e conheço outras pessoas que sofrem, preconceito, "brincadeiras", de mau gosto, indiretas, diretas... gordo ouve que é feio, que está uma "baranga", é "zoado", e isso causa dor, causa repulsa e até isolamento.
O pior mesmo é quando isso tudo é produzido por pessoas próximas a nós...
Ouvir desaforo, ser alvo de palavras duras e deboche dos outros, é difícil... mas elas doem mais quando quem está vivendo ao seu lado, sabe de sua dificuldade, mas só aponta, não ajuda,
só discrimina, não pergunta...
Quanto mais próxima uma pessoa está de você, mais ela pode machucar, porque conhece, suas fraquezas, suas recaídas, suas manias.
A gente, não precisa ser vítima da nossa história, a gente pode, e deve, dar um basta, dizer que está incomodando, pedir ajuda, parar o desaforo, calar o agressor.
Não se cale, fale,grite, peça pra que parem de falar no assunto, voce tem esse direito - seu corpo não é de domínio público, ele é sua responsabilidade, ele é seu mundo, cuide dele, não permita que ninguém ultrapasse a linha do respeito, na sua VIDA>

Nada de pesar agora

terça-feira, 2 de junho de 2015
Não meeeesmo!
Nada de mais ventania na minha vida!
Essa decisão é para não entrar em pânico, estou inchada por causa dos medicamentos,
e fiz  uma arrumação no guarda-roupa, as calças 42 - sim 42!!!! Estão lá, debaixo das 44 e 46!
(choradeira)
 

Por uma vida mais leve Copyright © 2013 Design by Cali Criativa